a new way
to trade

05.12.2018 Angola

Angola proíbe exportação de sucata

A exportação de sucata em 2018 justifica-se com a demanda cada vez maior de matéria-prima.

Segundo informação da agencia Lusa, um despacho de 14 de março do Ministério da Indústria, fixa uma "quota zero" para a exportação de sucata no ano económico de 2018 justifica-se com o "crescimento da indústria siderúrgica nacional", que "exige cada vez mais matéria-prima e em maiores quantidades"

A proibição de exportação de sucata, relativa a 2017, foi anunciada pela ministra Bernarda Martins, em julho, num encontro com operadores nacionais, tendo tornado público, na mesma ocasião, a realização de um estudo para o levantamento das quantidades de sucata no país. Esta salientou que o país tem sucata de vários tipos, mas é necessário que se identifique a que existe em maior quantidade.

“Precisamos de conhecê-la de facto, hoje a sucata que mais temos no país, ao que parece, é a sucata marítima”, apontou a ministra, adiantando que o estudo que deverá ser feito visa também traçar perspectivas futuras.